A micose passa de uma pessoa para outra por contato. O fungo pode estar no chão, na água ou em objetos, como sapatos ou toalhas. Quanto maior o calor ou a umidade, maior a proliferação e o risco de contágio. Para evitar o problema, siga essas orientações:

  • Use sempre chinelos ao tomar banho em academias e clubes
  • Não compartilhe toalhas, meias e sapatos
  • Após o banho, enxugue bem o corpo, principalmente nas dobras (entre os dedos, nas mamas etc)
  • Prefira meias de algodão, que absorvem melhor o suor. As de tecido sintético favorecem o acúmulo de umidade
  • Evite sapatos que abafam muito os pés ou os fazem transpirar, como os tênis e as sandálias de plástico
  • O ideal é não usar o mesmo calçado por dois dias seguidos. Guarde-o em local arejado
  • Na manicure, observe se os instrumentos estão sendo bem esterilizados. Ou leve seus próprios alicates, lixas e afins para não precisar compartilhar aqueles usados por outras pessoas Sinais e sintomas Coceira, inflamação ou descamação da pele
  • Manchas brancas ou amarronzadas
  • Vermelhidão
  • Rachadura entre os dedos
  • Unhas deformadas e amareladas
  • O ferimento provocado pela micose, aliás, facilita a entrada de outros micro-organismos nocivos à saúde. Ou seja, essas lesões facilitam uma segunda infecção. O risco é maior nas micoses de pé, uma região quase sempre coberta por calçados e meias. Se não for tratada, uma simples frieira pode se transformar em erisipela, doença infecciosa que se caracteriza por vermelhidão e inchaço nas áreas lesadas.

Outras doenças reumatológicas

Comments to: Como a micose é transmitida e como prevenir?

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    Attach images - Only PNG, JPG, JPEG and GIF are supported.

    Artigo mais curtido

    Mais visto

    Trending

    Login

    Welcome to Typer

    Brief and amiable onboarding is the first thing a new user sees in the theme.
    Join Typer
    Registration is closed.